Pence: Coreia do Norte é a mais urgente ameaça

De um porta-aviões dos Estados Unidos estacionado no Japão, o vice-presidente, Mike Pence, enviou uma dura mensagem à Coréia do Norte, em função dos programas de desenvolvimento nuclear e de mísseis de Pyongyang.

Image © (Vice-presidente dos EUA, Mike Pence, na zona desmilitarizada que separa o Norte e a Coreia do Sul | Reprodução via http://defiantamerica.com) Pence: Coreia do Norte é a mais urgente ameaça - Apr/2017

Pence: Coreia do Norte é a mais urgente ameaça.

De um porta-aviões dos Estados Unidos estacionado no Japão, o vice-presidente, Mike Pence, enviou uma dura mensagem à Coréia do Norte, em função dos programas de desenvolvimento nuclear e de mísseis de Pyongyang.

Pence se dirigiu aos militares dos EUA e ao pessoal das Forças de Autodefesa japonesas nesta quarta-feira (19) a bordo do USS Ronald Reagan.

O porta-aviões está estacionado na base naval de Yokosuka, perto de Tóquio.

Pence disse que a aliança EUA-Japão é a pedra angular da paz, prosperidade e liberdade na região da Ásia-Pacífico, acrescentando que sob a administração do presidente Donald Trump, os Estados Unidos permanecem inabaláveis em sua aliança.

Pence classificou a Coréia do Norte de “a ameaça mais urgente e perigosa” para a paz e a segurança da região Ásia-Pacífico.

Ele disse que todas as opções estão na mesa e que os EUA vão derrotar qualquer ataque e lidar com qualquer tipo de armas, convencionais ou nucleares, com uma resposta esmagadora e eficaz.

Pence também enfatizou que o Artigo 5 do Tratado de Segurança Japão-EUA se aplica às Ilhas Senkaku, no Mar da China Oriental.

O artigo obriga os EUA a assumir a defesa de um ataque armado contra territórios sob o controle administrativo do Japão.

O Japão controla as Ilhas Senkaku. China e Taiwan também as reivindicam.

Pence disse que os EUA vão proteger a liberdade de navegação no Mar da China Meridional, em uma aparente referência à crescente atividade marítima da China nas águas.