Patricia Mellodi será agraciada com o título de Embaixadora do Turismo do Rio de Janeiro.

Patricia Mellodi, cantora e compositora piauiense, iniciou sua carreira musical em Teresina, mas optou por viver no Rio de Janeiro em busca de aprendizado e desenvolvimento. A cantora será agraciada com o título de Embaixadora do Turismo do Rio de Janeiro por relevantes serviços prestados a cidade. A posse acontecerá no dia 21 de março de 2018. Patricia aproveitou a oportunidade para expressar no seu perfil do Facebook todo o sentimento em relação ao Rio de Janeiro, cidade que a acolheu há 20 anos atrás.(Rio de Janeiro, a cidade que plantei pra mim)

“Aos 17 anos vim para o Rio passar umas férias e desde então meu amor se estabeleceu. Não só pela beleza, que aliás, na minha opinião é a cidade que reúne a maior beleza natural do mundo, não só pelo charme, pelas histórias, pela gente bonita, não só pelo samba, pela descontração, pelo despojamento, mais por tudo que envolve a aura desse lugar. No Rio a gente é de fato acolhido e muito feliz. No Rio todo mundo pode ser e exercer quem se é. Eu fui e sou feliz e muito livre apesar de todas as dificuldades. Morar no Rio é ser turista na própria cidade, moro há 20 anos aqui e não tem um dia que não me depare com uma beleza nova. É muito instigante viver num lugar onde sempre há algo a se descobrir.

Fico revoltada quando percebo o processo difamatório que a cidade tem sofrido ao longo dos anos. Ok, de fato a coisa anda mal das pernas, está complicadíssimo, mas o Rio de Janeiro continua lindo sim. O Rio é invejado demais, sofre da maledicência como toda mulher deslumbrante, desinibida e carismática sofre na boca dos medíocres. Quando acontece algo de ruim por aqui eu vejo o gozo de muitos ao espalhar nossos infortúnios aos 4 cantos, as redes sociais são o retrato do despeito.

Sinto sinceramente que rola um prazer, vejo a baba escorrer pelo canto da boca de várias pessoas. Parece que só desmerecendo o Rio é que podemos valorizar os outros lugares do Brasil. É descendo a lenha na Cidade Maravilhosa que a minha pode ser melhor. Ah, francamente! Isso é muito baixo e demonstra toda nossa pequeneza. O Rio é Brasil, se você não valoriza o Rio está jogando contra o seu pais. Somos uma só nação, feita de muitos lugares, mas o nosso cartão de visitas que encanta o mundo ainda é o Rio de Janeiro. É só dar uma voltinha lá fora que vai perceber o que Copacabana ainda provoca.”

Sobre a trajetória de Patricia Mellodi (46), a cantora foi classificada por duas vezes no Prêmio Visa de intérpretes, o maior prêmio da categoria. Foi integrante da Banda Blitz ao lado de Evandro Mesquita se apresentando em shows por todo o Brasil e também participou do Projeto Novo Canto no palco do Canecão. Sua música “Sem amor” esteve entre as mais tocadas da MPB FM (RJ) e virou tema da novela da Porto dos Milagres (TV Globo/2001). Neste mesmo período lançou seu primeiro CD independente. A canção “Não” foi trilha sonora na novela “Aquele Beijo” (Globo/2011), de Miguel Falabella, sendo o tema dos personagens Lucena (Grazi Massafera) e Vicente (Ricardo Pereira). Patricia fez parte da Confraria dos Compositores, é parceira de Carlinhos Brown, e já foi gravada por Ney Matogrosso, Fênix, Nalanda, entre outros.
Patricia Mellodi fez a trilha musical da peça infanto-juvenil “Beijo Roubado” baseado no livro de Thalita Rebouças com direção de Márcio Trigo. Patricia Mellodi foi indicada ao Premio TIM de música 2007, nas categorias “Melhor cantora Popular” e “voto Popular” com seu segundo CD independente, Pacote completo. No universo literário, lançou o Jornal de Humor “A Marmota” e seu primeiro livro “Crônicas, contos e gozações”, uma coletânea de humor com mais nove autores. Em seguida participou da coletânea “Dez contos de Humor” da Editora Mirabolante ao lado de vários roteiristas da TV Globo.

Assinou com o selo “SaladeSom” e lançou seu terceiro CD, Pacote Mais que completo fazendo shows por todo Brasil. Com este CD foi indicada ao Prêmio de Música Brasileira nas categorias “Melhor cantora popular” e “Voto popular”.

Participou em 2011 do CD “Eternamente” com o cantor e compositor Tunai em comemoração aos seus 30 anos de carreira, ao lado de Milton Nascimento, Simone, Wagner Tiso, Zélia Duncan, entre outros.

Em 2011 lançou no tradicional palco do Teatro Rival Petrobras seu quarto disco Do Outro Lado da Lua, o mais autoral de sua carreira. Com direção geral de Márcio Trigo – diretor da TV Globo – Patricia passeia, no show, teatralmente por suas canções num clima de cinema noir. Influenciada por diferentes ritmos, a artista mostra que conhece o rico cenário musical brasileiro. Restringir Patricia Mellodi à apenas mais uma cantora de MPB é não reconhecer a grandiosidade da sua música e de seu talento.

Porque a artista assimilou a pluralidade de todas as influências recebidas e fez um CD que une Tango, bossa nova, samba, rock e blues em 11 canções inéditas e autorais cuja produção é assinada pelo talentosíssimo Felipe Eyer assim como todos os arranjos.

Nesse CD, Patricia contou com as luxuosas participações do maranhense Zeca Baleiro recitando um poema do poeta Mário Faustino na canção ‘Múltiplo Amor’, de autoria da cantora, de Marcelo Caldi, que toca magistralmente seu acordeom na música ‘Motivos’, outra parceria com Alexandre Lemos e Henrique Cazes com seu cavaquinho na faixa ‘Últimas Palavras’, também de autoria da cantora.

A música que deu nome ao disco Do Outro Lado da Lua é uma parceria de Patricia com sua filha, a escritora Clara Mello. A canção embalada pelo rock’n’roll nasceu de uma poesia escrita por Clara que retrata a impossibilidade da paixão diante da rotina do cotidiano. Letras densas e tons menores fizeram deste álbum o trabalho mais dramático e diferente lançado por Patricia Mellodi.

Patricia Mellodi foi condutora da Tocha olímpica em Teresina em 2016. Com uma indicação da empresa Coca-cola, a cantora se deslocou do Rio onde reside para aproveitar o evento e fazer uma homenagem a uma tia que morreu e dedicar a tocha olímpica as artes de Teresina. Patricia afirmou na época, que sua tia Enedina era como uma mãe, que a criou e a incentivou no trabalho.

Patricia é colunista do Blog Mulheres Empreendedoras- PI e palestrante. Para acompanhar a trajetória da cantora acesse suas redes sociais.

Website: http://www.patriciamellodi.com/
Facebook: https://www.facebook.com/PatriciaMellodi/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCk2APaI1xj1jwaGtMk6XomA/feed

Da Redação by Cleo Oshiro

Artigo anteriorVisto, novamente, transferência para navio norte-coreano
Próximo artigoVocê sabe o que é ‘Closet Cleaning’?
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site