Os grafiteiros Rimon Guimarães e Zéh Palito no campo de refugiados Sírios.

Os grafiteiros brasileiros Zéh Palito e Rimon Guimarães (Cosmic Boys), estão participando de um projeto coletivo “a convite do Conexus Project”, num campo de refugiados Sírios no Líbano. Os dois artistas levaram sua arte para colorir a paisagem cinzenta, castigada pela guerra civil no Oriente Médio. Leia até o final…é muito importante! Vamos ajudar a pintar um mundo melhor!!!

A CONEXUS é um projeto coletivo de arte contemporânea nômade que viaja pelo mundo promovendo artistas e desenvolvendo programas educacionais com parceiros locais.

NOSSA HISTÓRIA NO MÉDIO ORIENTE

A CONEXUS Projeto trabalhou no Shatila Refugee Camp, Beirute, Líbano, em 2016 e na Sikka Art Fair, Dubai, Emirados Árabes Unidos, em 2017. Ambas as experiências foram importantes para nos conectar com artistas locais e internacionais e nos deu a chance Para oferecer aulas de arte aos jovens refugiados na área. Agora pretendemos trabalhar com mais refugiados no Líbano e atravessar a Síria em seguida.

FUTURO CÓSMICO
Num momento de forte fluxo de imigração devido a conflitos internacionais, as pessoas procuram oportunidades de sobrevivência, lugares para viver – esperar ou começar uma nova vida. Muitos acabam vivendo em condições não ideais entre campos de refugiados e assentamentos, onde a educação não é facilmente acessada e as crianças e adolescentes muitas vezes deixam de estudar.

Nesse contexto, o Projeto _CONEXUS tem vindo a desenvolver programas educativos para atender jovens deslocados, com a arte como conector central dos projetos. Aulas de arte são ferramentas terapêuticas que também tornam esses espaços temporários mais coloridos, divertidos e leves. Acreditamos que a arte pode trazer-lhes algum alívio, perspectiva e habilidades para fazer sua espera menos dolorosa – bem como dar-lhes uma voz para expressar o que estão experimentando, juntamente com a visibilidade internacional. Portanto, pretendemos nos envolver com crianças e adolescentes refugiados que vivem nesses espaços, tentando transformar suas expectativas de baixa vida em esperança de um brilhante Futuro Cósmico!

TEAM

Cosmic Future foi criada pelo projeto _CONEXUS e a curadora Sheila Zago, em colaboração com o documentarista francês Agathe Champsaur, o artista sírio Anas Albraehe ea dupla brasileira de grafiteiros Cosmic Boys (formada por Rimon Guimarães e Zéh Palito). Além deles, estamos trabalhando com Al Caravan / Magic Caravan, uma projetada dedicada a educacional, entretenimento e oficinas culturais para crianças e adultos deslocados.

Anas, além de trabalhar com pintura e escultura, possui mestrado em arteterapia e trabalha com sírios e questões de violência doméstica.Agathe trabalhou com adolescentes e artistas refugiados em Sabra e Shatila Camp. Rimon e Zéh têm trabalhado com arte de rua e educação no Brasil, Emirados, Grécia, Coreia do Sul, Sri Lanka, Estados Unidos, Zâmbia e outros países.

Juntos, e com o seu incrível apoio, vamos executar tantas classes de arte e programas educacionais quanto possível!

COMO FUNCIONA?

Você pode nos apoiar financeiramente: para cada doação, nós lhe enviamos diferentes recompensas de volta, incluindo obras de arte impressionantes e exclusivas!

Você também pode nos ajudar divulgando e compartilhando este  link da Campanha e compartilhando nossas postagens no  Facebook e Instagram. Hashtags: #ConexusProject #CosmicFuture #RefugiadosBem-vindos.

https://www.generosity.com/education-fundraising/cosmic-future-making-art-with-young-refugees

De uma forma ou de outra: OBRIGADO, estamos enviando-lhe muito amor de volta ♥

Metas

Entre as doações que estamos pedindo é suficiente para cobrir despesas de transporte, alojamento, alimentação e materiais para desenvolver atividades para até 100 refugiados.
Estamos todos trabalhando como voluntários, pois não cobre taxas de artistas. Nosso objetivo é alongar o suficiente para arrecadar dinheiro para pagar os profissionais e organizar ainda mais oficinas para crianças e adolescentes!

RECOMPENSAS , apoie-nos e obter alguma arte feita pelos nossos incríveis parceiros e artistas *

Agathe Champasaur, documentarista francês.

*  Pintura de Anas é um original e ele vai doar outras obras de arte nos próximos dias.
Rimon Guimarães e Zéh Palito podem desenvolver novas obras ao longo da campanha.
Outros artistas estão doando obras de arte para a causa. Entre em contato conosco para mais informações e disponibilidade se desejar: conexusprojectinfo@gmail.com

PARCEIROS / SUPORTE

Estamos trabalhando com a  Al Caravan, o projeto mágico que traz a educação para o povo sírio deslocado. Gostaríamos de trazer algumas cores e oficinas de arte em conjunto para o maior número possível de pessoas através desta campanha.

Um enorme obrigado para todos os artistas participantes e parceiros que aceitaram este desafio de amor.

Agathe Champsaur, para editar o vídeo!
Rimon Guimarães para a  trilha sonora
Artspace Hamra  para todo o apoio!
Centro Cultural Brasil-Líbano  em Beirute, junto com a Embaixada do Brasil no Líbano e na Síria!
E todos os outros que acreditaram e apoiaram a todos nós. Muito amor.

4 maneiras de espalhar amor e EFETIVAMENTE aliviar (pelo menos um pouquinho) o sofrimento de refugiados a partir de $1:

1. Doar para o projeto [ Cosmic Future ] Making art with young refugees: a verba arrecadada é para material de pintura (estamos pintando escolas e campos de refugiados com os Cosmic Boys, crianças, adolescentes e suas comunidades), aulas de arte, alimentação pra até 100 pessoas e transporte.

2. Comprar uma obra de arte dos artistas que colaboram com o projeto.
3. Divulgar a campanha por e-mail, em redes sociais e dividir a iniciativa com amigo.
4. Arrecadar roupas (especialmente de inverno) e mandar para o Líbano.

Para ajudar ou entender melhor o projeto, acesse o link abaixo e se necessário, clicar em traduzir página. Todas as informações dessa matéria pertencem ao link abaixo. As fotos pertencem ao acervo pessoal dos grafiteiros Rimon Guimarães e Zéh Palito.

Créditos da fonte: https://www.generosity.com/education-fundraising/cosmic-future-making-art-with-young-refugees

Radio Shiga by Cleo Oshiro Oficial Page: http://wp.radioshiga.com/programacao/
COMPARTILHE
Artigo anteriorCoreia do Norte condena envio de porta-aviões dos EUA à península coreana
Próximo artigoPor onde anda Gilson de Souza, autor do famoso samba “Poxa”?
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san que abraçou esse projeto e está levando a música brasileira à outros países da Asia. Como para a música não existem fronteiras, abrimos espaço no programa para intérpretes de outras nacionalidades e assim difundir o programa em outros países. O programa The Best Of Brazilian Music é apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma é para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já tem acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site.