EUA enviam o avião WC-135 para Okinawa, para detectar radioatividade no ar

O Japão e EUA estão fortalecendo sua proteção contra a Coréia do Norte, ao estacionar uma aeronave de observação norte-americana em Okinawa, para detectar um possível teste de armas nucleares pelo regime de Kim Jong Un, de acordo com um oficial sênior das Forças de Autodefesa do Japão.

Image © (Um Constant Phoenix executa exercícios de aterrissagem na base da força aérea de Offutt, Nebraska, nesta imagem da força aérea dos EUA de 2009. Os EUA estão enviando os aviões para Okinawa. Reuters via http://asia.nikkei.com) EUA enviam o avião WC-135 para Okinawa, para detectar radioatividade no ar - Apr/2017

EUA enviam o avião WC-135 para Okinawa, para detectar radioatividade no ar.

O Japão e EUA estão fortalecendo sua proteção contra a Coréia do Norte, ao estacionar uma aeronave de observação norte-americana em Okinawa, para detectar um possível teste de armas nucleares pelo regime de Kim Jong Un, de acordo com um oficial sênior das Forças de Autodefesa do Japão.

O Constant Phoenix WC-135 da U.S. Air Force pode detectar detritos radioativos reveladores, liberados para a atmosfera pela detonação de um dispositivo nuclear.

O avião foi enviado para a Base Aérea de Kadena, em Okinawa, no início deste mês, disse o oficial.

As Forças de Autodefesa do Japão também estão aumentando sua própria vigilância e coleta de informações.

Os EUA enviaram um grupo de ataque liderado pelo porta-aviões nuclear Carl Vinson às águas ao largo da Península Coreana.

O Japão também preparou navios equipados com o sistema de defesa de mísseis Aegis, em preparação para um possível lançamento de mísseis norte-coreanos.

As forças japonesas estão sob ordens de derrubada desde agosto e estão preparadas para interceptar um míssil a qualquer momento, diz o governo.

Os aliados estão compartilhando, de perto, a inteligência sobre possíveis movimentos norte-coreanos à frente de várias datas que poderiam trazer novas provocações.

Sábado marca 105º aniversário de nascimento de Kim Il Sung, fundador do estado comunista, e 25 de abril será o 85 º aniversário da fundação do Exército Popular da Coreia.

Os norte-coreanos poderiam tentar um teste nuclear ou lançamento de mísseis nessas datas.