Cobbler de Pêssegos

A sobremesa  favorita  de  meu  marido Ken! Esta receita é um presente de minha vizinha  Debby, que me aconselhou a preparar este cobbler somente quando encontrar  pêssegos  maduros e firmes. Eles podem ser substituídos por nectarinas, ou  também pode-se  fazer uma mistura dos dois. Absolutamente delicioso!!

Ingredientes
Para a compota
5 a 6 pêssegos grandes, sem casca e sem caroço, cortados em farias
⅓ de xícara (75 g) de açúcar
2 colheres (chá) de maisena
1 colher (chá) de casca ralada de limão
1 colher (sopa) de suco de limão
1 pitada de sal
1 pitada de canela em pó
1 pitada de noz-moscada  ralada

Para a cobertura
1⅓  xícara (190 g) de farinha de trigo
5 colheres  (sopa)  de  açúcar
2 colheres  (chá)  de  fermento em pó
½ colher (chá) de sal
1 ovo grande,  levemente batido
5 colheres (sopa) de manteiga sem sal derretida
⅓ de xícara (75 ml) de creme de leite ou leite
1 colher (chá) de essência de baunilha

Para acompanhar
Sorvete de baunilha ou creme de leite com brandy

Modo de Preparo
Preaqueça o forno a 375°F (190°C).  Unte levemente com manteiga um refratário médio ( uso um refratário de 24 x 24 cm).

Pessêgo: coloque as fatias de pêssego em uma panela média e adicione o açúcar, a maisena, a casca e o suco de limão, o sal e ¼ de xícara de água. Leve ao fogo moderado  e  deixe ferver, sem mexer, por 10 minutos ou até o líquido engrossar. Transfira para o refratário e espalhe em uma camada uniforme;  polvilhe com  a  canela e a noz-moscada. Cubra para manter a mistura  aquecida,  enquanto prepara  a cobertura.

Cobertura:  em uma tigela grande, coloque  a  farinha, o açúcar, o fermento, o sal e misture.  Faça uma depressão no centro e acrescente o ovo batido, a manteiga derretida ,  o creme de leite e a baunilhaa – caso esteja usando . Misture  a massa , mas não mexa demais, ela deve ficar úmida mas não homogênea.  Distribua porções da massa sobre o pessêgo, sem espalhar – as porções devem ficar  ligeiramente afastada uma da outra. Se quiser, polvilhe com açúcar e canela. Leve ao forno, por 20 a 25 minutos, até a superfície dourar e ficar firme. Deixe esfriar por 30 minutos e sirva morno com sorvete de baunilha ou creme de leite batido, temperado com brandy.

Rendimento:  6  porções

Sugestão:  a quantidade da água  para  cozinhar  os pêssegos  pode variar  de acordo à maturidade deles. Se os pêssegos não estiverem maduros,  será preciso adicionar um pouquinho mais de água para cozinhá-los. Depois de cozida, a mistura deve ficar cremosa e os pedaços de pêssegos  macios e firmes.

Dica:  essa é um tipo de massa  que  deve  ser  levada ao forno logo depois de preparada para não perder o volume,  por isso, é  imprescindível que ela seja feita somente depois  que o pêssego estiver pronto.